sexta-feira, 25 de março de 2011

Jovens desaparecidas em Cunha (SP): Josely Laurentina de Oliveira e Juliana Vania de Oliveira

.





Roney Domingos
Do G1 SP

A mãe das adolescentes que desapareceram na quarta-feira (23) em Cunha, no interior de São Paulo, disse ao G1 nesta sexta-feira (25) que não faz ideia do que pode ter ocorrido com elas.

"Mãe sente muita coisa. Só peço a Deus que elas apareçam", disse a dona de casa Iracema Maria Teixeira de Oliveira. Moradoras na zona rural, Josely Laurentina de Oliveira, de 16 anos, e a irmã dela, Juliana Vania de Oliveira, de 15, foram vistas pela última vez ao descer do ônibus escolar por volta das 18h30, a cerca de 1 km da casa delas.

"Está muito dificil pensar porque não imagino [o que pode ter ocorrido] . Temos amizade com todo mundo. Elas têm muito carinho pela família. A gente não brigava. Elas são muito carinhosas e nunca fizeram coisa errada. São muito trabalhadeiras e não fazem nada escondido dos pais. Tudo o que fazem contam", disse Iracema.

Estudante de administração, a irmã mais velha das meninas, Betânia, de 17 anos, disse ao G1 que elas estudam regularmente, não têm vícios e ajudam na limpeza da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, onde o pai é catequista. Elas fazem a leitura da liturgia e Josely canta durante a missa.

Josely está no segundo ano do segundo grau e Juliana no primeiro. Os pais são casados há 19 anos e a família tira a renda da produção rural. "A Juliana sonha ser modelo. A Josely eu não sei. Ela gosta de falar que queria ser feliz", afirmou Betânia. A família e amigos estão mobilizados. "A gente está abalado, desesperado por informação. A gente nem dorme. A noite é pior do que o dia."

As buscas às duas adolescentes mobilizam nesta sexta-feira (25) o helicóptero Águia da Polícia Militar, cães farejadores e agentes da Polícia Florestal, de acordo com o delegado titular de Cunha, Marcelo Vieira Cavalcante.

"Hoje fiz uma solicitação e a PM fez aporte com Águia, canil e florestal. Estamos checando todas as informações. O que tenho é um desaparecimento. Tem linhas de investigação, o que mais me preocupa é a possibilidade de sequestro delas meninas, provavelmente com fim libidinoso, em razão do local em que elas foram supostamente abordadas. Estamos checando os moradores da região, fazendos os antecedentes, mas até o momento não há nenhuma informações delas, nem encontro, nada."

O delegado afirma que as meninas tinham bom relacionamento com a família, o que enfraquece a possibilidade de que tenham fugido. Ele também diz que a família é humilde, o que descarta a possibilidade de sequestro por extorsão de dinheiro. O bairro onde elas sumiram, de acordo com o delegado, é muito tranquilo, com exceção de pequenos furtos. "É o primeiro caso de desaparecimento de meninas."


.


.


.


.


.


.


.


3 comentários:

  1. moro em cunha estou acompanhando o caso gotaria de dizer p familia ter fé que p DEUS nada é impossivel q se for da vontade dele elas vão aparecer bem....... tenham fé

    ResponderExcluir
  2. Claudio irati/parana27 de março de 2011 16:33

    mae tenha fe veja se elas tinham internete comentarios com alguem se tinham namorados pela via computador celular minha filha hoje 19 anos com l6 namorava escondido na hora do recreio sempre eu ia surpresa escola internete tambem e era muito boazinha graças esta bem se nao for namorados nao acredito fazer alguem mal a elas eu tambem sou do interior se aproveitam da gente DEUS esta c/voce

    ResponderExcluir
  3. ja encontraram os corpos infelizmetes as duas estao mortas
    Daniel
    Cunha/SP

    ResponderExcluir