domingo, 20 de novembro de 2011

Márcio Souza, jornalista, reclama do Jorge Schweitzer... Só não nos informa se é assessor informal do Chiquinho da Mangueira e autor da faixa...




Anônimo disse...

em

http://taxiemmovimento.blogspot.com/2011/11/chiquinho-da-mangueira-agradece-ele.html?showComment=1321819346798#c3951624603360536680


Caro Jorge Schweitzer, ou você é burro ou idiota! É claro que um deputado estadual não tem gerência direta sobre ações da prefeitura. São poderes distintos. Porém existem indicações políticas e legislativas que são atendidas ou não pelo prefeito ou governador. É natural, neste caso, que aqueles que as fazem ou quem as recebem agradeçam pelo feito.
Mas a julgar pelo expressivo número de seguidores de seu "brilhante" blog, entendo sua confusão com o fato.
Aliás, já que o senhor reclama estar sendo processado, como forma de censura pela sua expressão, porque não desativar a moderação de seu blog e tornar de fato uma tribuna de idéias?
Pronto, lhe dei seus cinco minutos de fama!

Márcio Souza
Jornalista
20 de novembro de 2011 18:02


Ótimo, caro Márcio Souza Jornalista;

Pelo que conheço da história do Asfalto Liso, que o Chiquinho da Mangueira alega que foi idéia sua e estendeu iguais faixas pela Marechal Rondon, se trata de uma campanha bem humorada que as redes sociais multiplicaram através da idéia de um criativo anonimo na internet...

Os plásticos imitando a Lei Seca se reproduziram tal gremlins e o prefeito deve o bom senso de pegar o gancho e implantar a sugestão óbvia...

Nada a ver com o Chiqunho da Mangueira ou sua assessoria ligada na oportunidade...

Zero...

No caso da Clínica da Família do Catumbi não consigo alcançar o grau de ingerencia do Chiquinho que não ampliar seus domínios eleitoreiros se apropriando do realizado por outrem que não de sua alçada sequer para dar pitacos inoportunos...

Estranho é a autoria das emocionadas faixas em gratidão ao Chiquinho da Mangueira...

Algo nos leva crer que se trata do próprio Chiquinho autor em auto elogio em causa própria...

Por mais imbuído de vazão a sentimentos de paixão pela obra e vida do Chiquinho da Mangueira não consigo fantasiar que um morador sequer do Rio de Janeiro teria aptidão técnica de desenhar uma faixa tão bem caligrafada ou, pior ainda, pagar do próprio bolso a confecção além de subir num poste e estender aquela propaganda absolutamente ilegal...

Vamos combinar que é algo deveras improvável que o Chiquinho da Mangueira tenha sido elevado a condição de Inri Cristo salvador de araque da Pátria culminando com paixão arrebatadora de seus seguidores que não conseguem controlar-se e saem espalhando faixas por aí de amor eterno...

Vamos combinar, na boa...

No quesito número de visitantes de meu blog Táxi em Movimento, prefiro nem entrar neste tipo de discusão ridícula que parece de coisa de adolescente medindo tamanho do membro...

Dez mil leitores num único dia elege qualquer deputado federal...

Ou enterra para sempre candidaturas...

Nem cabe este tipo de discussão que se necessário descrevo outros quatro políticos que atualmente se encontram no ostracismo ou em cargos menores por aí...

Não cabe, não cabe...

Comprendo sinceramente que tenho alcance proporcional a gravidade dos fatos que abordo com tanta agilidade que minutos após o jornalista Marcio Souza tomou conhecimento das faixas do Chiquinho e respondeu...

Quem me acompanha já teve mostras explícitas do grau de responsabilidade...

Quanto ao fato de eu estar sendo processado melhor o jornalista Marcio Souza informar-se da gravidade do assunto que envolve censura ridícula em tempos ditos democráticos; tentativa de desqualificação de informações robustas indiciadas por policiais da Dcav e MP e assassinato de criança de cinco anos de idade onde o autor confesso da tortura - que matou sua filha Joanna Marcenal - apregoa inclusive ser amigo pessoal do deputado Chiquinho da Mangueira, que prefiro acreditar que devaneio de bandido encurralado...

Duvido que Chiquinho da Mangueira tenha ouvido sequer falar do serventuário Judicial André Rodrigues Marins a não ser nas páginas policiais ou assistindo imagens no Jornal Nacional ao ser preso...

Proponho mesmo que o deputado Chiquinho da Mangueira colabore para que se faça Justiça no Caso Joanna evitando corporativismo indecente que se vislumbra no espaço...

Eu mesmo compro uma faixa de agradecimento ao Chiquinho da Mangueira se o deputado de propor nos ajudar a evitar que o Joanna Cardoso Marcenal seja assassinada pela segunda vez...

E faço boca de urna para Chiquinho chegar a Federal...

Se o Dr. Siro Darlan agregar solidariedade melhor ainda...

Conto com todos...

Obrigado, 'jornalista' Márcio Souza...

Amanhã quando chegar para trabalhar no gabinete, provável que seja demitido...

Para deixar de ser desastrado puxa-saco babaca...

Obrigado mesmo...



Jorge Schweitzer






4 comentários:

  1. Curiosa a forma desrespeitosa, presunçosa e ignorante do tal Márcio Souza.
    Essa forma de atacar as pessoas, dizendo aberrações infantis como "pronto, te dei 5 min de fama", é típica de um país ainda rastejante, ainda abraçado no complexo de inferioridade e na péssima formação das pessoas. O tal Marcio Souza começa a mensagem dizendo "você é burro ou idiota". Nível rastejante. Eu só gostaria que as pessoas não vomitassem nos blogs o tratamento que elas mesmas receberam no decorrer de suas vidinhas. OBVIAMENTE alguém só usa esse tipo de expressão se foi rebaixado e constantemente tratado dessa forma.

    Sobre as relações entre prefeitos e deputados estaduais, federais, vereadores, secretários do escambal, etc, etc, certamente tudo fica muito mais próximo quando eles precisam tratar de conchavos, favorecimentos ilícitos e outros tipos de BANDIDAGEM que, infelizmente, são crônicas nos fedorentos escritórios dessa cambada eleita por nós (certamente não eleitos por mim, uma vez que prefiro pagar multa do que ser obrigado a votar em um bando de cafajestes mal intencionados).

    Otávio

    ResponderExcluir
  2. Qualquer cidadão um pouquinho esclarecido sabe que essas faixas que enfeiam a paisagem do Rio de Janeiro são colocadas pelos próprios políticos.

    Costumo ver algumas perólas por ai:
    "A comunidade agradece ao vereador fulano pela poda das árvores".
    "Agradecemos ao fulano pelo asfalto na rua tal".
    " Obrigado sr. fulano pela limpeza da praça".

    Nosso prefeito com seu famoso choque de ordem deveria proibir esse tipo de "agradecimento" que só faz emporcalhar a paisagem da cidade. E isso se dá de norte a sul.

    Quanto ao comentário do suposto jornalista uma linguagem menos chula seria mais apropriada para defender o nobre deputado.

    Então ele acha que lhe deu 5 minutos de fama, kkkkkkkkkkk, vou pedir meus sais.

    ResponderExcluir
  3. "Os meios de comunicação devem denunciar, assumir a sua parte de responsabilidade na melhoria do planeta."
    La Vanguardia, Barcelona, 10 de Dezembro de 2008, In José Saramago nas Suas Palavras

    ResponderExcluir
  4. Francisca das Chagas do Nascimento21 de novembro de 2011 15:10

    E eu que pensava que isso era coisa de interior com três mil habitantes, que faz promessa e tudo mais para seus políticos se elegerem. Quando ganham, pagam a promessa de joelho e ainda colocam a faixa de agradecimento a Deus. Mas em cidade grandes ou pequena, o coloio é o mesmo

    ResponderExcluir