sábado, 11 de agosto de 2012

24 Horas de Amor em Copacabana

.






Raptar-te...

Morder tua nuca até te cobrir de arrepios…

Massagear teus pés…

Contemplar luas e estrelas a pulsar do lado esquerdo...

Fazer quatrilhões de cócegas em tua barriga para te matar de rir…

Te carregar até o chuveiro te molhando imobilizada com roupa e tudo…

Caminhar na beira do mar de Copa até o Posto Seis…

Ficar em silêncio escutando ondas, gaivotas e barcos...

Te confidenciar mentiras verdadeiras que você não possa comprovar...

Mirar profundamente dentes imensamente brancos e olhos coloridos tentando decifrar tua alma…

Tentar não lembrar que este turbilhão tem prazo de 24 horas de duração...

Te dar banho adolescente na torneira de limpar os pés da garagem de meu prédio…

Te carregar no colo e te emparedar na lateral acolchoada do elevador de serviço…

Te dar um porre de vinho chileno barato para descobrir tua performance selvagem…

Te ver adormecer em meu colo, enquanto leio kama-sutra, e te faço cafuné…

Ser acordado, no meio da noite, com você montada me imobilizando indagando com quem estou sonhando para estar naquele estado depois da louca maratona…

Descobrir ao amanhecer que você arranhou minhas costas feito tatuagem para mostrar que dali pra frente tenho dona…

Fazer casinha de lençóis para encobrir a claridade abraçado lhe suplicando delícias imorais na sua orelha ruborizada por surpresas…

Te ver ir embora…

Louca para ficar..



Jorge Schweitzer






PS: Este texto escrevi num período em que não poderia identificar a senhorita supra citada e brinquei em ficção para homenagear tanto sacrifício em vir de tão longe me visitar escondidinha... Daí, deu mierda da mesma forma... Me deixei cair na tentação de misturar realidade com devaneio e tasquei: "Contemplar luas e estrelas a pulsar do lado esquerdo"... A tal bonitona possui tatuagem de uma pequena lua com uma estrela no pulso esquerdo que mostrava em uma das fotos na Internet... Como mulher é esperta e não deixa passar o detalhe... Dancei... Estas mulheres, também, fazem tempestade em copo d'água... Foi só um diazinho... Pô, a gente não pode nem dar uma escapadinha de nada...

.

.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.