quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Foto do neurocirurgião Adão Orlando Crespo Gonçalves - CRM 52-43928-6



O neurologista Adão Orlando Crespo Gonçalves atende em Copacabana...

Quem quiser agendar consulta ou lhe desejar um feliz ano novo: (21) 2256-8794





41 comentários:

  1. Isso começa negligencia do estado,governo...e ect.Nossa vida está baseada em $$$$...quem tem vai paga e vive.Pobre e desgraçado esse povo brasileiro.Quanto a esse irresponsável...já era de se esperar.Há muito,esqueceram seu juramento.Qto a sua desesperança...no texto Tu me negarás')....esqueçe,Vc sabe amar seu próximo,como a vc mesmo.Faz a sua parte...o resto "Que se fueda"com o perdão do palavrão.Rimou.rsrs

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente , acho de uma ignorancia so responsabilizarem o medico pelo fato de o proprio ja estar demissionado .
    Ao inves de somente pensarem com a emoçao , reflitam um pouco com relaçao a realidade da saude publica do nosso estado e municipio .
    Pensem que o descaso publico nao começa com o profissional que atende , mas sim com o poder peblico que proporciona maus salarios , pessimas condiçoes de trabalho para quem atende e ppcte para que usufrui de instalaçoes precarias .
    Tenho certeza de que o que houve foi uma fatalidade , mas nao se pode culpar apenas uma pessoa , sem antes mesmo dar-lhe razao de defesa .
    Devemos escutar tambem a outra parte aon inves de soemente crucificar , por que nao ha ninguem nesse mundo que nao possua o seu telhado de vidro.
    Nao se deve atirar pedras , sem antes ouvir o que o outro tem a dizer

    Portanto , vamos refletir

    grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem assume risco de proporcionar morte alheia é bandido e ponto final...
      JS

      Excluir
    2. E se ele estivesse doente? E se ele não pode comparecer pois sua mãe morreu?
      Médicos também são humanos, também ficam doentes, também possuem família, também sofrem acidentes...
      Você também está sendo irresponsável em acusá-lo sem saber a verdade...

      Excluir
    3. Concordo em gênero, número e grau. O cara acabou sendo a bola da vez, mas garanto que isso aconteceu em vários hospitais, não só públicos como também particulares, como eu mesmo estu sofrendo no momento com minha esposa que esta internada em um hospital nas Laranjeiras, Rio de Janeiro neste exato momento. Não existe medico plantonista em tempo integral na internação. O medico só faz uma visita de manhã e vai embora. Se algo mais urgente acontecer o medico que atende na emergência terá de ser acionado. Agora, quem é o Sr Eduardo Pães e o seu excelentíssimo Secretario de Saúde em querer julgar o medico em questão? Que moral eles têm para falar algo a respeito? O problema da saúde publica, meus amigos começa na corrupção, na inércia publica de seus administradores e vai até a nagligencia medica propriamente dita, que sabemos que também ocorre. No entanto, primeiramente deveriam analisar as condições de trabalho dos hospitais públicos, que soa caóticas. Os salários dos médicos também sao totalmente defasados. Por que os salários dos funcionários do Ministério da Saúde não sao equiparados aos do Ministério da Justiça? É porque sao eles que fazem as leis então podem se dar ao luxo de terem os salários que querem. Já a saúde? Que lucro gera a saúde para o Governo? Saúde para o Governo é despesa e como é um bem que deveria estar à disposição da sociedade com excelência, fica mesmo em segundo plano. Já perceberam por exemplo, como aGuarda Municipal é eficaz em gerar multas de transito? Claro que é, afinal gera lucro não é mesmo? E é nisso que o Governo podre, nojento e hipócrita investe seus esforços. Infelizmente somos reféns dessa corja do inferno. Que Deus nos ajude meus queridos...

      Excluir
  3. O fato do medico não estar presente na unidade não justifica a demora em encaminhar a cça para um local onde efetivamente estivesse presente um Neurocirurgiao. Outra coisa, Cade o antecessor deste plantonista que saiu antes da chegada do próximo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentativa de terceirizar a culpa é o desespero do culpado...
      Não cola!
      JS

      Excluir
    2. Ninguém está tentando terceirizar a culpa, apenas assegurando que o médico tenha seu direito de defesa como qualquer outro cidadão antes de ser enforcado em praça pública.

      Excluir
  4. Ainda nesta semana o projeto de cargos e salários foi rejeitado pelos vereadores aliados. Enquanto isso o dinheiro segue para as Organizações Sociais, sem qualquer controle. Um dos vereadores que votou contra é justamente o futuro vice-prefeito do atual prefeito. Dessa forma, condenar apenas o médico corresponde a tirar o bode da sala. Sim, o médico está cumprindo o papel de bode expiatório. O prefeito chama o médico de delinquente e qual o adjetivo deveremos usar para o prefeito, vereadores que votam a favor as Organizações Sociais e demais envolvidos?

    ResponderExcluir
  5. Com certeza este e outros medicos ja vinham faltando aos plantoes, como tds nós sabemos q acontece, ate mesmo pq eles atendem em outros locais e ate mesmo na Zona Sul. Em algum momento isso iria acontecer, pois sempre ha uma especialidade no hospital q nao estara presente ou atende o proximo sem nenhum respeito na rede publica. Varios fatores estao errados neste hospital, o plantonista anterior deixou seu posto antes deste "doutor" chegar? Ou sera q ele tb faltou? Por que nao encaminharam a criança p/ outro hospital, por conta da gravidade de situaçao? Tantos por ques q sabemos q continuarao acontecendo e nao trarao a vida de tantos outros q ja se foram por causa de tanto descaso e desrespeito c o ser humano!
    Sempre havera eleiçoes, entra governo, sai governo e tds sabemos q td continuara na mesma. Quem tem plano de saude, agradeça à Deus, embora o atendimento tb nao esteja la essas coisas....

    ResponderExcluir
  6. primeiro: o Pai quer que a filha saia do hospital do jeito que ela era antes, caso contrário ele "entrará na justiça contra o hospital e o médico e buscará seus direitos".
    Ele deveria entrar na justiça contra o Estado, que não protejeu sua filha, contra o indivíduo que efetuou o disparo... começa daí o erro.

    ResponderExcluir
  7. Boa Anonimo ... pessoa sensata. Diferente da pessoa que postou a foto do médico e o telefone. Idiota. Não vê a situação correta ... compra qualquer historinha manipulada para tirar da reta de quem realmente é culpado. Cambada de ignorantes !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei não?! Estou achando meio esquisito estes comentários 'anônimos' defendendo o Dr. Adão Crespo... Será que é o próprio, ou parente dele? Pô, na boa, é suspreendente que uma pessoa normal e isenta aprove a atitude do Dr. Adão que até o prefeito Paes chamou de 'delinquente'...
      Agora, uma coisa é certa, esta história perseguirá o Dr. Adão Crespo até o purgatório...
      Melhor ele tentar trocar de nome e fazer uma plástica...

      Excluir
    2. Quem é o prefeito Paes para você dizer "até o prefeito chamou de delinquente"??
      O melhor mesmo seria quem está julgando ele analisar a história com cuidado e esperar ele falar.

      Coloque-se no lugar do médico e repense sua atitude...

      Excluir
    3. Se eu me colocar no lugar do médico jamais teria que responder por omissão de socorro...
      Nenhuma pessoa de bem que fosse profissão de neurologia, escalado para plantão faltaria e depois plantaria gente arrotando a seu favor encoberta como 'anônimo' que nos deixa a cavalheiro para imaginar que o próprio ou parente do mesmo dr. Adão Crespo...
      Quando falei 'até o prefeito' é para sinalizar que é uma pessoa com cargo público e identificada que o adesivou de bandido e ele poderá processá-lo caso ainda lhe reste vergonha na cara...
      JS

      Excluir
    4. Concordo com todas as suas palavras. Quando os outros dizem que ele é humano e pode ter problemas também concordo. Mas o que as pessoas esquecem é que ele é um profissional responsável por salvar vidas, e está ali para isso, esse é o peso de sua profissão. Ter problemas ele pode mas, antes de se ausentar tem por obrigação comunicar ao seu superior pra que seja substituído. Um plantonista seja Clínico, Cirurgião, anestesista, etc. que não esteja em seu plantão está sim assumindo a omissão de socorro e deve responder por isso. Transferir sua culpa a outros não retira sua culpa por não cumprir seu serviço. O que poucos sabem é que eles muitas das vezes estão de plantão mas, vão pra casa e pedem que os liguem se precisar. Este é um fato normal nos hospitais e que tem de ser coibido. Espero sim que seja punido por tal negligência.

      Excluir
    5. Marginal e delinquente é o Prefeito. Deixou a saúde um caos, com salários ruins, hospitais sem recursos, trabalhadores contratados através de contrato temporário, sem concurso. Não podemos julgar o médico sem saber o que realmente aconteceu. Caso ele esteja demissionário de fato, não tem nenhuma responsabilidade com o acontecido. Na verdade, o hospital deveria ter dois neurocirurgiões de plantão, como manda a lei. Está tudo errado na saúde do Rio e a culpa é de seu governante que, mesmo após denúncias inúmeras, não toma providência.

      Excluir
    6. Não esqueça que o citado é um cidadão médico neurologista que expos uma criança de 10 anos de idade a morte e agora se incomoda em ter sua cara deslavada exposta na Rede...
      Este 'meliante' tem que perder o CRM, a condição de continuar como profissional de saúde e ter sua fuça conhecida por todos...
      Se achasse preferível ficar anônimo que não incorresse em crime de omissão de socorro...
      Bandido tem que ser mostrado e inibido para não permanecer no meio social com os mesmos direitos de um cidadão de bem...
      Esta tentativa de desqualificar opiniões alheias é típica de quem não tem o menor respeito por nada e ainda sente-se no direito de passar lições de moral e compostura à sociedade...
      Deveria ficar calado para não piorar sua situação ou vier a público pedir desculpas...
      Melhor este delinquente não brincar de valente, tem tudo para dar errado...
      JS

      Excluir
  8. O minimo que tem que acontecer com esse mádico é ser preso, demitido é pouco, ele tem que perder o CRM....irresponsável......

    ResponderExcluir
  9. É incrível mesmo!! Como pode alguém não comparecer a um Plantão, sem nenhum aviso/substituto, numa especialidade que sempre são casos gravíssimos, confiando que poderia não aparecer ninguém.É bom pra eu ficar sabendo cada vez mais a quanto estamos abandonados, pelo Estado, e por quem ainda poderia dá um sopro de vida. E não há desculpas,faltar um Plantão deixando um Hospital a descoberto, eu comparo ao infeliz que atirou a esmo, sabia o que estava fazendo e correu o risco por vontade própria.

    ResponderExcluir
  10. Plantonista, que não está no plantão quando deveria estar, está sabendo que alguém pode morrer por causa da sua ausência. Culpar o Estado, o hospital, o prefeito, o secretário de saúde, o vereador, o bandido e até Deus, não vai alterar o que ele deixou de fazer para salvar essa vida. Para ele, talvez, só mais uma paciente. Para os pais e familiares da menina, a maior e pior dor do mundo. Realmente indesculpável.

    ResponderExcluir
  11. Com certeza este tal de Adão orlando está bem encrencado e pediu por isso. Com certeza ele sabia que a falta nessas datas comemorativas,é falta grave e podia lhe custar um bom inquérito administrativo mesmo sem paciente para ser atendido. E mais uma coisa é certa, o chefe do palntão é também conivente e deve responder pelo ocorrido, pois deveria ter comunicado a ausencia do neurocirurgão, mas também é sabido que algumas especialidades costumam ficar em ¨standybay¨ e só comparecem quando solicitados,ele sabia sim que alguém com risco de morte o aguardava, com certeza foi comunicado sim, pode fazeruma pesquisa que vai se descobrir que ele estava em algumoutro procedimento mais rendoso; pois, fazem concurso público já sabendo do salário que receberão (uma miséria pelo tanto que se qualificam), passam tomam posse, tiram o lugar de outros que realmente necessitam e não cumprem nem um terço da carga horária e ainda acabam de matar as pessoa que necessitam de socorro numa infelicidade como esta. Não acredito em punição, muitos são os coniventes e o CRM é uma entidade intocável, só pune quando a mídia marca em cima e não será o caso dele visto que a menina é pobre. Só nos resta contar com a justiça Divina que não falha. Que fique claro que eu não quero crucificá-lo apenas expor minha opnião, pois particularmente acredito que a culpa não é só dele não, é também daqueles que não comunicaram sua ausência, não providenciaram uma transferência. Equipe médica falha, Supervisão de Enfermagem idem, enfim... um monte de incompetentes, alem desse tal de Adão.

    ResponderExcluir
  12. Não tenho ID em nenhum dos perfis disponíveis, por esta razão estou anônima. Meu nome é Valéria. Todos estamos "certos", na medida da nossa emoção e comoção. Somos pais, irmãos ou filhos. O plantonista faltoso, com certeza, também é. Estado, Município e União se fartam com nossos impostos e conseguimos ser pacíficos, nos limitando a reclamar e responsabilizar o trabalhador (bom ou mau, não sei) pelo descaso absoluto para com a saúde. Hora de reflexão, minha gente; teremos copa do mundo E ELEIÇÕES em 2014. É hora de parar de chorar pitangas e ir ao que interessa para todos. É hora de dizer não às trapaças que geram profissionais desinteressados na população e que abocanham fortunas para si mesmos. É só prestar atenção no antes e no depois dos cargos públicos. Reflexão, minha gente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O foco não é Copa do Mundo nem Olimpíadas ou se governo é ruim ou bom; ou que tudo começou pelo tiro disparado por traficante...

      O foco é que um médico faltou ao plantão e deixou uma criança em agonia durante 8 horas...

      Tentar desviar a gente chega a Deus e o tal médico se desvia oculto na sombra da discussão com carapuça de coitado...

      Um camarada neurocirurgião que falta a um plantão onde ele é o único profissional assume completamente o risco de morte alheia por sua culpa...

      O que este dr. Adão fez é o desprezo completo pela vida...

      Ninguém o obrigou a ser médico nem se candidatar a vaga de hospital público onde ele sabia de antemão qual seria o salário e carga horária...

      A Polícia deveria solicitar outros boletins de plantões que este médico faltou e cruzar com prováveis mortes por omissão que tenha ocorrido naquele horário...

      Dr. Adão Crespo jogada com a sorte na roleta da morte e acabou em previsível tragédia...

      Deverá passar período na cadeia para reflexão e recliclagem e retornar em outra profissão...

      Para médico Dr. Adão Crespo não serve mais...


      JS

      Excluir
    2. Realmente, reflexão. Pricipalmente por parte do profissional. Td bem q não sabemos o motivo q ocasionou a falta. Td bem q nosso sistema de saúde é precário, assim como a educação, habitação e todos os outros. Mas um profissional, seja de qual área for, deve ter responsabilidade, inclusive aqueles q lidam com a vida de outras pessoas. Com certeza este médico já tinha ciência de como é o sistema antes de prestar concurso. Se quis entrar, tem q cumprir com suas obrigações. Antes da reflexão vem a RESPONSABILIDADE. Td bem q não sabemos o q houve, mas a falta de médicos já é comum em "dias normais", imagine então em dias festivos...

      Excluir
    3. Atire a primeira pedra quem nao tem pecados.O que vemos aqui,um pessimo exemplo de curioso que se tenta passar po formador de opniao,se bem que em democracia podemos dizere devemos sempre expresar o nossa opniao.Nao e de hoje que os hospitais publicos principalmente no Rio de janeiro,encontram se em pessimas condiçoes,ja fomos referencia em saude no passado.As açoes medicas em emergencia,surgem em qualquer fase ou etapa da jornada diaria de trabalho do profissional,seja no inicio,meio ou fim.Podem ainda acontecer,durante a troca de profissiobais.Se condiderarmos ainda o trajeto de trabalho,com caos do transito,ate que o profissional chegue a uma unidade hospitalar,muitas pessoas poderao morrer.Quem nao conhece o transito da cidade?E se chove?Com inundacao da tempo de chegar pontualmente ao hospital.?O medico em questao faltou ao serviço e em nenhum momento deixou ou se negou a atender o paciente que ele nao teve acesso.uma vez que nao estava la.Muito antes do ocorrido esta unidade ja vem cadastrando novos contratantes por que muito antes disso acontecer o numero de neurocirurgioes e insuficiente.O proprio conselho regional ja advertiu a administracao publica hospitalar que sao necessarios pelo menos 2 neurocirurgioes,ate por que se chegar alguem grave e o unico neurocirurgiao estiver operando ele nada podera fazer neste sentido, podendo igualmente a vitma agonizante morrer.nao importando as horas de espera para o atendimento.
      A polemica agora e entender como e que a lei devera ser interpretada e que em qualificaçoes esta mesma lei devera ser empregada,em casos abusivos em que para se fazer entendedor do que se quer dizer,utiliza se de instrumentos nao autorizados pelo codigo penal,tais como divulgacao indevida sem previo autorizaçao da pessoa envolvida ou da lei de fotografias,informacoes explicitas de uma pessoa de qualquer profissao sobre endereço comercial,e de lugares outros de trabalho como referencia assim como telefones,alem descrever a pessoa detalhada na fotografiapois fere o principio de liberdade,privacidade violando a segurança de uma pessoa que podera sofrer retalhaçoes.podendo inclusive por estas informacoes incitar o desejo popular de fazer justiça com as proprias maos,piorando mais ainda o desfecho deste infeliz epsodio.Solicitamos com brevidade resoluçao judicial nesse sentido.
      Mesmo quando expomos nossa opniao devemos faze la sempre
      com responsabilidade e seriedade que a questao exige.




      Excluir
  13. Quem você pensa que é para julgar a capacidade de alguém em continuar ou não a exercer sua profissão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou cidadão, faço parte da sociedade... Necessita mais?
      JS

      Excluir
  14. "de omissao em omissao um dia voce mata alguem." de um medico plantonista da rede publica

    ResponderExcluir
  15. Jorge, a media DIARIA de faltosos em plantoes nas redes publicas (estadual, municipal e federal) chega a 67% dados o proprio Governo.
    Agora, dados nao oficiais dizem que este numero chega facil a 87%!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para profissionais sérios e competentes, estes dados só demonstram que estamos cercados de maus profissionais, e pessoas imbecis que fazem de um ambiente sério um circo. Eu nunca faltei em um plantão e caso tenha um motivo sério para tal com certeza sei da minha obrigação de PROFISSIONAL comunicar a um superior, e não ficar em casa ou em festas de "sobre aviso", e brincando de ser respeitado. Isso é tipico de profissionais que buscam a Medicina por Status e Ego. Se realmente é você a citar acima eu teria vergonha e estaria neste momento implorando o perdão divino. Eu como profissional tenho vergonha de colegas deste nível

      Excluir
  16. A média diária de faltosos não interessa a um profissional consciente da sua responsabilidade. Essa alegação,Sr. Adão, não lhe dá o direito de faltar, nem diminui a sua culpa.

    ResponderExcluir
  17. Ate quecpinto blogs podem abusivamente expor dados de pessoas pondo em risco a integridade das mesmas para justificar suas ideias ou opnioes.O que diz a lei sobre isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero saber até que ponto médicos podem expor pessoas em risco a integridade das mesmas para justificar suas faltas ao plantão. O que diz a lei sobre isso?
      Jorge Schweitzer

      Excluir
    2. Buscar art 135 do código penal ,já e o suficiente.

      Excluir
  18. Olha aqui, Sr. Adão, o conselho de uma colega, que NUNCA faltou a um plantão: " Não faça do seu plantão um "circo", o palhaço pode ser... você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca não quer dizer não possa acontecer....você poderá vir a ser o próximo palhaço exibindo se em grande estilo....

      Excluir
  19. Esse Adão Orlando é culpado sim por sua falta, mas eu acho que TODO o plantão não funciona. Desde o chefe plantonista, até a equipe de enfermagem, passando por aqueles que não agilisaram a transferência da menina. Com esse caso, só veio à tona, o que deve ser rotina nesse hospital: Total falta de responsabilidade e de respeito para com os pacientes.

    ResponderExcluir
  20. meu nome é Walter....só pra saber....este cidadão, para mim homicida, mesmo que doloso, recebia os salários no final do mês?

    ResponderExcluir
  21. é muito fácil desfilar um leque de desculpas esfarrapadas, apelando até pra enchentes e furacões...mas o fato é : a menina não tinha o médico plantonista para atendê-la

    o médico plantonista, no caso o sr. Adão, simplesmente faltou ao serviço pois não gostava do horário, como ele mesmo citou em depoimento..

    só porquê há muitos traficantes e assassinos, políticos corruptos e 86% de faltas aos plantões, justifica-se o ato dele...

    é sim um assassino, mesmo que dolosamente, mas é...

    ResponderExcluir
  22. ......"so porque ha muitos traficantes e assassinos ,politicos corruptos e 86 % de falta de plantoes...." ????????? " So por que? Acha pouco ?: E o tipico retrato da acomodaçao social,passa isso inclusive a ser5 uma coisa normal , mentalidade essa que nao leva o pais a lugar algum.E por isso que as coisas chegaram a esse ponto ....

    ResponderExcluir