segunda-feira, 14 de março de 2016

Rodrigo Hilbert, esposo de Fernanda Lima, gera revolta ao matar filhote de ovelha em seu programa 'Tempero de Família' do GNT





Rodrigo Hilbert gera revolta ao matar filhote de ovelha em seu programa
Internautas condenaram a postura do apresentador do 'Tempero de Família' e criaram um abaixo-assinado online

O DIA


Rio - Rodrigo Hilbert causou indignação ao matar um filhote de ovelha durante o primeiro episódio da sétima temporada de seu programa "Tempero de Família", no GNT. A cena, gravada em Santa Catarina, foi ao ar na última quinta-feira.

No episódio polêmico, o apresentador foi recebido em uma fazenda catarinense pelo pecuarista e dono do local. A dupla foi até o curral para pegar um filhote de ovelha de cerca de seis meses, conhecido no local como "borrego" - cordeiro ainda em fase de amamentação, para fazer um churrasco.

De acordo com o pecuarista, para que a carne de ovelha seja macia é preciso matar o filhote que ainda esteja mamando. Em seguida, Hilbert e o anfitrião cortaram todo o animal, retiraram os órgãos internos, a cabeça e o pelo. A edição do programa ocultou das cenas o momento em que o animal grita, mas é possível ouvir o sangue caindo na bacia colocada embaixo dele após as primeiras facadas.

Depois de matar a ovelha, Hilbert a temperou com sal e fez o churrasco.

Na página oficial do canal GNT no Facebook, a emissora promoveu o episódio com uma foto do apresentador ao lado de um cavalo. Nos comentários, muitos internautas, chocados com a brutalidade das cenas, condenaram o marido de Fernanda Lima e disseram que não vão mais acompanhar o programa. "Como carne, mas não gostei de ver o pobre do bicho sendo levado pro abate e ainda mais sangrando daquele jeito", escreveu uma internauta.

Após as críticas, foi criada uma petição online para que a emissora retire Rodrigo Hilbert do ar. 



PS: Evidente que todos sabemos que animais são sacrificados para se tornarem alimento, promover um show de sangue mostrando detalhes parece absolutamente desnecessário; equivocado e impróprio para exibição em programação familiar... Cruz credo! ... Jorge Schweitzer









Um comentário:

  1. mas ele é perdoado por ser galã, se fosse um cara feio ai queria ver

    ResponderExcluir